WhatsApp

Anvisa atesta que Glifosato não apresenta riscos à saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), divulgou o resultado da reavaliação toxicológica do glifosato, o resultado apontou que o herbicida não apresenta evidências científicas de que cause câncer, mutações ou malformação de fetos.

O glifosato estava em processo de reavaliação desde 2008, e segundo a Anvisa não foi encontrado nenhum indício de que cause danos a saúde via contaminação por ingestão de água ou alimento que tenham contato com o glifosato. Entretanto, a Anvisa alerta que a substância não deve ser utilizada de forma concentrada e nem pode ser comercializada para uso doméstico, já que ele torna tóxico se a pessoa for exposta a uma grande quantidade de uma única vez.  

A decisão sobre a regulamentação final, só será definida após 90 dias que se encerra o período de consulta pública que é destinado para as manifestações sociais. O herbicida faz parte de 110 produtos contendo a substância no Brasil, produzido por 29 empresas diferente e segundo a Anvisa em 2017 foram utilizados 173 mil toneladas de glifosato no país, além de ser o principal ingrediente ativo utilizado em plantações e jardins.

A Anvisa analisou estudos científicos, relatórios de organismo internacionais, dados oficiais de monitoramento em água e casos e de intoxicação pela substância para fazer a reavaliação do glifosato.

 

FONTE: EQUIPE MAIS SOJA

Compartilhe esta notícia

  • O Instituto DiDatus é uma instituição de Ensino, que tem como foco oferecer cursos de excelência de Pós-Graduação, Capacitação e Aperfeiçoamento focados na cadeia produtiva do agronegócio, que atendam as exigências do mercado, fundamentados na valorização do ser humano como fonte de riqueza e transformação.

Contato

(41) 3308-8272
  • Endereço: Rua Silveira Peixoto, 1040, Batel - Curitiba - PR | 80240-120

  • Celular: (41) 99267-8100

  • Email: [email protected]