WhatsApp

Chilenos Visitarão Estabelecimentos de Aves e Bovinos no Brasil

Motivo da visita técnica é habilitar plantas para importação

Na próxima sexta-feira (31), será realizada reunião final entre autoridades sanitárias do Chile e integrantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para avaliação de auditorias realizadas pelos chilenos no Brasil. Na semana passada, no Rio Grande do Sul os representantes daquele país visitaram áreas de produção de aves, Unidades Veterinárias Locais (UVL), Serviço Veterinário Estadual e a Secretaria da Agricultura para inspecionar os controles sanitários para a Doença de New Castle.

Em julho de 2006, os chilenos suspenderam as compras de cortes de frango dos criadores gaúchos por ter sido registrado foco desta doença no estado. O comércio do produto segue suspenso desde então. A missão chilena poderá autorizar a retomada da exportação. Os inspetores chilenos também visitaram o Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro) de Campinas, que é referência nas análises de doenças que atingem os plantéis de aves.

Os chilenos estão percorrendo também o Pará para verificação dos controles sanitários no estado já reconhecido como livre de febre aftosa com vacinação. O objetivo é habilitar frigoríficos de carne bovina in natura.

Está prevista a ida de técnicos em fazendas, escritórios do serviço veterinário, além do Lanagro de Pedro Leopoldo (MG) que é referência no diagnóstico da aftosa.

De 2 a 12 de setembro, outra missão veterinária do Chile estará no Brasil para a renovação e novas habilitações de estabelecimentos produtores de farinhas e produtos gordurosos de origem animal. Nesse período, os auditores percorrerão unidades produtivas no Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

Compartilhe esta notícia

  • O Instituto DiDatus é uma instituição de Ensino, que tem como foco oferecer cursos de excelência de Pós-Graduação, Capacitação e Aperfeiçoamento focados na cadeia produtiva do agronegócio, que atendam as exigências do mercado, fundamentados na valorização do ser humano como fonte de riqueza e transformação.

Contato

(41) 3083-8100